quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Salário mínimo acumula ganho real de 53% no Governo Lula




No primeiro ano [do Governo Lula], o reajuste foi de 20,00%, para uma inflação acumulada de 18,54%, correspondendo a um aumento real de 1,23%. No segundo (2004), a elevação foi de 8,33%, enquanto o INPC acumulou 7,06% e, em 2005, o salário mínimo foi corrigido em 15,38%, contra uma inflação de 6,61%.
Em 2006, a inflação foi de 3,21%, o reajuste foi de 16,67%, o que corresponde a um aumento real de 13,04%. Em abril de 2007, para um aumento do INPC entre maio/2006 e março/2007 de 3,30% ante uma variação de 8,57% no salário nominal, o aumento real do salário mínimo ficou em 5,1%. Em 2008, o salário mínimo foi reajustado, em fevereiro, em 9,21%, enquanto a inflação foi de 4,98%, correspondendo a um aumento real de 4,03%.
Com o valor de R$ 465,00 em 1º de fevereiro de 2009, o ganho real entre 2008 e 2009 foi de 5,79%. 2.2. Considerando a variação do INPC de fevereiro a dezembro de 2009 e o valor de R$ 510,00, em 1º de janeiro de 2010, o ganho real acumulado no período seria de 5,87%, resultante de uma variação nominal de 9,68% contra inflação estimada de 3,60%(…)1. No acumulado desde 2002, os ganhos reais atingem 53,46%. Mais

Ainda Vou Ler nos Jornais


Leandro Sapucahy

Ainda vou ler nos jornais
Que o mundo pirou, aliás
Que o mundo tem jeito
Tá tudo direito
Não tem mais defeito
Tá tudo perfeito demais
Ainda vou ler nos jornais
Que até meu país
Tá pra lá de feliz
Tá de bem, tá em paz
Vou ler que o povo cansou de comer
Que houve inflação de carinho e prazer
Que o amor ficou livre sem se corromper
E a violência parou de bater
Ainda vou ler nos jornais
Em alta valores morais
E que existe no peito do branco e do preto
Um novo conceito são todos iguais
Ainda vou ler nos jornais
Colunas bem mais sociais
Que os donos do mundo
Fizeram um mundo de sonhos reais

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Alzheimer


Estudos apontam que pessoas solitárias têm o dobro 
e risco de desenvolverem o mal de Alzheimer



Demência é uma disfunção cerebral gradativa e persistente que consiste na deterioração intelectual do indivíduo ao longo do tempo, atacando de forma irreversível determinadas regiões do cérebro. A doença de Alzheimer é a causa mais freqüente, ocorrendo em aproximadamente 60% dos casos de demência, e consiste no depósito de determinadas proteínas no cérebro
Como se trata de perdas progressivas e é bastante freqüente entre idosos, muitas vezes não é percebida em seu estágio inicial, sendo confundida como processos normais do envelhecimento.Pequenos esquecimentos, sinais de depressão, dificuldades com a linguagem, confusão mental e, algumas vezes, agressividade fazem parte dos sintomas iniciais. 
Um estágio intermediário consiste em dificuldades de desempenhar atividades normais do dia-a-dia, esquecimento de acontecimentos recentes, alterações de humor e maior dificuldade na comunicação verbal, desencadeando, após algum tempo, em uma dependência mais severa e acentuação dos sintomas, podendo, inclusive, não reconhecer pessoas, situações e objetos conhecidos. Devido a estas características, há um impacto muito grande na vida destas pessoas e nas que convivem com elas. 
diagnóstico propriamente dito é feito apenas via necropsia, após a morte, em exame dos tecidos cerebrais. Assim, as manifestaçõeshistória de vida do paciente e exames físicos e mentais, excluindo outros fatores que poderiam desencadear nos mesmos sintomas (infecções, depressão, tumores cerebrais, problemas tireoidianos, etc) é que indicarão a doença. É importante ressaltar que o tratamento precoce atrasa o desenvolvimento da doença, fornece melhoras na memória e na qualidade de vida e convivência do doente com as pessoas que o cercam.
Como é irreversível, suas causas reais ainda não são bem elucidadas. O tratamento farmacológico enfoca o bloqueio da evolução da doença, controle dos distúrbios comportamentais e correção do equilíbrio químico do cérebro, a fim de melhorar o déficit de memória. 
Sabe-se, atualmente, que altos níveis de açúcar e colesterol no sangue podem ter relação forte com a doença e que pessoas solitárias têm o dobro de risco de desenvolverem o mal de Alzheimer. É, também, conhecido que a ingestão de vitamina E reduz o risco de morte em aproximadamente 25%, exercícios físicos, chá verde e uma dieta rica em frutas, verduras, cereais, feijão, nozes e sementes previnem o surgimento de demências.
Apesar de irreversível e incurável, cuidados específicos buscando melhorias na qualidade de vida dos portadores e de seus cuidadores devem ser feitos, lembrando que a sobrecarga destes últimos é um risco para ambos. Planejamento em conjunto acerca das tarefas, horários e contribuições incluindo todos os envolvidos são medidas que devem ser feitas para tal fim.
Por Mariana Araguaia

Equipe Brasil Escola

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Fora da disputa?

O Poster já tinha informado aqui. E agora vem a confirmação que, em reunião da Tendência AS (Articulação Socialista) Parauapebas, decidiu por unanimidade que; o nome do  Secretário de Finanças Milton Zimmer não será apresentado como candidato para as eleições de 2010. Preferindo que o mesmo permaneça a frente da secretaria de finanças do município. Confirmando a desistência da candidatura  de Milton Zimmer, os nomes que ganham forças dentro das hostes petista de Parauapebas são dos vereadores Euzébio Rodrigues e Miquinhas! É esperar para ver, quem tem mais fôlego para encher garrafas. 

sábado, 19 de dezembro de 2009

Sintomas de Alzheimer


Folha da Familia

"Seu Dedé"

Meu Pai, "Seu Dedé" está na terceira fase da doença, na segunda feira ele entrou numa crise muito grave. Já não reconhece mais os filhos e parentes mais próximo. Na sexta feira (18) foi transferido para Belém em busca de um melhor atendimento médico. Estava muito agressivo e quase sem controle. Hoje (19) já no hospital, amanheceu bem melhor, e em breve deve sair da crise e retornar para casa. O melhor remédio para esses casos, são: Paciência e muito informação.
-------------------------------
Terceira fase

A degeneração progressiva dificulta a independência. A dificuldade na fala torna-se evidente devido à impossibilidade de se lembrar de vocabulário. Progressivamente, o paciente vai perdendo a capacidade de ler e de escrever e deixa de conseguir fazer as mais simples tarefas diárias. Durante essa fase, os problemas de memória pioram e o paciente pode deixar de reconhecer os seus parentes e conhecidos. A memória de longo prazo vai-se perdendo e alterações de comportamento vão-se agravando. As manifestações mais comuns são a apatia, irritabilidade e instabilidade emocional, chegando ao choro, ataques inesperados de agressividade ou resistência à caridade. Aproximadamente 30% dos pacientes desenvolvem ilusões e outros sintomas relacionados. Incontinência urinária pode aparecer.

É possível prevenir a doença de Alzheimer?

Não existe maneira totalmente eficaz de prevenção, mas já foram identificados alguns fatores que podem mudar o seu curso. Pessoas com alta escolaridade e atividade intelectual intensa apresentam os sintomas somente quando a atrofia cerebral está em um estágio mais avançado do que em pessoas com baixa escolaridade, ou seja, nessas pessoas com maior atividade intelectual é necessária maior perda de neurônios para que apareçam os mesmos sintomas de pessoas com menor atividade intelectual.
Do mesmo modo, o uso de vitamina E em alta dose e a reposição de hormônios, para as mulheres que entraram na menopausa, podem diminuir a chance da doença, fazendo com que ela apareça mais devagar. Mais recentemente demonstrou-se um efeito semelhante com o uso de anti-inflamatórios. Como se pode ver, aspectos fundamentais da doença ainda são desconhecidos, mas o que já se sabe não justifica uma atitude de "nada existe para fazer".

Doença de Alzheimer

O que o paciente pode esperar do tratamento?
  1. Não pode haver a expectativa de que apenas tomar um comprimido vai resolver os problemas trazidos por uma doença tão devastadora.
  2. Não existe nenhum tratamento miraculoso e rápido para a doença. Os resultados tendem a ser ou estabilização dos sintomas ou ganhos modestos que levam algum tempo para aparecer.
Por isso, a doença de Alzheimer exige mais que um médico. É necessária a participação de diferentes profissionais da saúde. Também é importante lembrar que a doença é progressiva, ela tende a piorar sempre. Um tratamento, qualquer que seja, se não trouxer melhoras mas evitar que ela progrida, deve ser considerado bem sucedido. Mais

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Ausente

Em virtude do estado de saúde do meu Pai (Seu Dedé) estarei ausente da cidade  e das atividades aqui do Blog. A caixa de comentários ficará liberada, mas as moderações serão lentas. Meu pai, o senhor Waldemar Nunes de 72 anos ex. servidor público federal, hoje aposentado, convive há três anos com o Mal de Alzheimer. Por mais que toda a família tenha se esforçado, (principalmente minha Tia Graça), a doença chegou numa das fases mais difíceis de nossas vidas. Chegou a hora de ficar mais perto dele e de sua luta diária pela vida. A doença não tem cura (veja a postagem abaixo) e todo apoio dos familiares é muito importante. Espero voltar em breve.
-------------------------
Feliz Natal 
"A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida".
2010 de paz, o ano todo.

Alzheimer

mal de Alzheimer, ou doença de Alzheimer ou simplesmente Alzheimer é a forma mais comum de demência. Esta doença degenerativa, até o momento incurável e terminal, foi descrita pela primeira vez em 1906 pelo psiquiatra alemão Alois Alzheimer, de quem herdou o nome. Esta doença afecta geralmente pessoas acima dos 65 anos, embora seu diagnóstico seja possível também em pessoas mais novas.
Cada paciente de Alzheimer sofre a doença de forma única, mas existem pontos em comum, por exemplo, o sintoma primário mais comum é a perda de memória. Muitas vezes os primeiros sintomas são confundidos com problemas de idade ou de estresse. Quando a suspeita recai sobre o Mal de Alzheimer, o paciente é submetido a uma série de testes cognitivos. Com o avançar da doença vão aparecendo novos sintomas como confusão, irritabilidade e agressividade, alterações de humor, falhas na linguagem, perda de memória a longo prazo e o paciente começa a desligar-se da realidade. As suas funções motoras começam a perder-se e o paciente acaba por morrer.

Sintomas

A evolução da doença está dividida em quatro fases.
Primeira fase
Os primeiros sintomas são muitas vezes falsamente relacionados com o envelhecimento ou com o estresse. Alguns testes neuropsicológicos podem revelar muitas deficiências cognitivas até oito anos antes de se poder diagnosticar o Mal de Alzheimer por inteiro. O sintoma primário mais notável é a perda de memória a curto prazo (dificuldade em lembrar factos aprendidos recentemente); o paciente perde a capacidade de dar atenção a algo, perde a flexibilidade no pensamento e o pensamento abstrato; pode começar a perder a sua memória semântica. Nessa fase pode ainda ser notada apatia, como um sintoma bastante comum.

Segunda fase (demência inicial)

Uma pequena parte dos pacientes apresenta dificuldades na linguagem, com as funções principais, percepção (agnosia), ou na execução de movimentos (apraxia), mais marcantes do que a perda de memória. A memória do paciente não é afetada toda da mesma maneira. As memórias mais antigas, a memória semântica e a memória implícita (memória de como fazer as coisas) não são tão afectadas como a memória a curto prazo. Os problemas de linguagem implicam normalmente a diminuição do vocabulário e a maior dificuldade na fala, que levam a um empobrecimento geral da linguagem. Nessa fase, o paciente ainda consegue comunicar ideias básicas. O paciente pode parecer desleixado ao efetuar certas tarefas motoras simples (escrever, vestir-se, etc.), devido a dificuldades de coordenação.

Terceira fase

A degeneração progressiva dificulta a independência. A dificuldade na fala torna-se evidente devido à impossibilidade de se lembrar de vocabulário. Progressivamente, o paciente vai perdendo a capacidade de ler e de escrever e deixa de conseguir fazer as mais simples tarefas diárias. Durante essa fase, os problemas de memória pioram e o paciente pode deixar de reconhecer os seus parentes e conhecidos. A memória de longo prazo vai-se perdendo e alterações de comportamento vão-se agravando. As manifestações mais comuns são a apatia, irritabilidade e instabilidade emocional, chegando ao choro, ataques inesperados de agressividade ou resistência à caridade. Aproximadamente 30% dos pacientes desenvolvem ilusões e outros sintomas relacionados. Incontinência urinária pode aparecer.

Quarta fase (terminal)

Durante a última fase do Mal de Alzheimer, o paciente está completamente dependente das pessoas que tomam conta dele. A linguagem está agora reduzida a simples frases ou até a palavras isoladas, acabando, eventualmente, em perda da fala. Apesar da perda da linguagem verbal, os pacientes podem compreender e responder com sinais emocionais. No entanto, a agressividade ainda pode estar presente, e a apatia extrema e o cansaço são resultados bastante comuns. Os pacientes vão acabar por não conseguir desempenhar as tarefas mais simples sem ajuda. A sua massa muscular e a sua mobilidade degeneram-se a tal ponto que o paciente tem de ficar deitado numa cama; perdem a capacidade de comer sozinhos. Por fim, vem a morte, que normalmente não é causada pelo Mal de Alzheimer, mas por outro fator externo (pneumonia, por exemplo).
Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Balança mais não cai

Balança-i; esse e o nome da banda que vem tocar no dia da inauguração da prefeitura. Já  imaginou se fosse a inauguração da Ponte da Av. Liberdade?  

Inimigos íntimos


No Página Crítica
Almir Gabriel desembarcou. Depois de 21 anos, disse adeus ao PSDB, partido que ajudou a fundar e liderou, no Pará, com mão de ferro por duas décadas.
Sua saída, entretanto, não chegou a ser uma surpresa. Era irrespirável o clima entre ele e Simão Jatene, finalmente sagrado, com direito a alguma pompa e relativa circunstância, candidato da tucanada à sucessão de Ana Júlia (PT). Mais do mesmo, o convescote tucano deixou no ar uma sensação de déjà vu. Afinal, nada mais cafona que aquela profusão de balões e camisas de um amarelo escandaloso.
Só mesmo a carta de Almir, publicada no Diário do Pará de hoje, em mais um excelente furo da jornalista Rita Soares, para quebrar a pasmaceira em que se transformou a política paraense, cachorro que insiste em perseguir o próprio rabo. De tudo que disse, o ex-governador deixou no ar uma denúncia grave: o veto ao seu nome não teria partido apenas das lideranças locais do partido. Não, ele foi rejeitado por outras gentes, mais poderosas e muito bem-posicionadas. É o que se depreende da seguinte e (nada) enigmática frase: "Pressinto e lamento, principalmente, a rendição ao atual representante exibicionista do Bradesco na Companhia Vale do Rio Amargo, somada ao governo egocêntrico de São Paulo, "territorializando" a recolonização da gestão pública no Pará (...)".
Ponto. Mais claro impossível. Almir revela que dois grandes "eleitores", por trás de todos os panos, resolveram a parada na disputa entre os tucanos paraenses: Roger Agnelli, o poderosochairman da Vale e o irritadiço José Serra, governador de São Paulo, ambos apresentados como autoridades neocoloniais a ditar suas vontades sobre um PSDB "dividido e agachado".
Mais não disse - e parece que não lhe foi perguntado. É uma pena. A história encoberta dessa rinha turbulenta deve possuir muitos outros lances que precisariam ser de conhecimento público. Até porque, no final das contas, será o dinheiro público que sustentará o brilho de mais esta ópera bufa.

Sem imposto


Carro do DMMT com placa de Manaus (clique na imagem). Se não bastasse o DMTT contribuiu com pagamentos de impostos em outro estado. As Vans Nº 134, 162 e 163, que operam uma concessão pública, também contribuem com pagamentos de impostos para Eldorado dos Carajás e Brasilia respectivamente.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Especulações. Apenas Especulações!

As especulações em torno do novo secretariado são muitas e até esdrúxulas.

Mais o certo é que as mudanças virão. Não se sabe se já agora no dia 19 ou só no final de janeiro.  Certo mesmo são as secretarias de finanças e planejamento, que dependendo da mexida pode alterar e muito as danças das cadeiras. Tira daqui, coloca ali e assim as cartas se movimentam.
Então vejamos:
No planejamento sai Delmar entra Simônia, até ai tudo bem.
Finanças: Sai Milton entra quem?  Zé Alves?
Altamiro sobe para o Parlamento.
Semas: Coutinho?
Gabinete: Margalho?
Procuradoria: Se for um Procurador de carreira as mudanças param por ai. Se for Raimundo Neto. Continua...
Educação: Marleide?  As mudanças param. Euzébio? Continua a mexida...
João do Feijão vira vereador e pronto.
(Só falta combinar com quem tem o poder de nomear)  

Sem Natal?



Caminhões
Caçambas
Maquinas
Credores
Empresários
Prestadores de serviços públicos
Tudo em frente da Secretaria de Finanças na manhã de hoje.
A grana prometida no mês passado ate agora não saiu.
Parece que as previsões  não são muito auspiciosas.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Carta do Dep. Domingos Dutra ao Presidente Lula



Brasília, 09 de dezembro de 2009,
Companheiro Presidente Luis Inácio da Silva – Lula
Declino, com tristeza e pesar, o convite para integrar a comitiva presidencial que estará neste dia 10 em São Luís do Maranhão.
Assim como milhares de petistas, lutei e sonhei com o momento em que o teria  entre nós como o Presidente do Brasil para anunciar boas novas que diminuirão a pobreza e a escravidão do nosso povo.
V. Exª é testemunha e deve se lembrar do sofrimento que passamos no processo de construção do PT e de sua própria liderança, quando enfrentamos os filhos da ditadura, os vampiros do nosso povo, os devoradores dos sonhos de nossa gente, representados pelo grupo político comandado pelo Senador José Sarney.
V. Ex ainda deve se lembrar dos atos públicos que fizemos na Praça Deodoro, denunciando as barbaridades da oligarquia; das caminhadas avermelhadas pela rua Grande, arrastando multidões gritando “Fora Sarney”; da emocionante subida da ladeira do Jacaré para verificar  a olho nu o abandono do município de Alcântara; da Caravana da Cidadania que, saindo de Caxias, espalhou esperanças entre os quilombolas de Codó; as quebradeiras  de coco de São José dos Mouras, em Lima Campos; perante as viúvas de lavradores vítimas do latifúndio, aliado e sustentado pelo grupo dominante; do ato público realizado na empoeirada cidade de Buriticupu; do espanto  nas usinas de ferro gusa de Açailândia, causado pela queima desmedida e sem controle de madeira nativa; e do grandioso encerramento da caravana em Imperatriz, com discurso radicais de condenação à pobreza do povo maranhense.
V. Exª deve se recordar da última vez que esteve em São Luís, há exatos 11 anos, para participar, em 1998, do comício em apoio à minha candidatura a Governador do Maranhão quando, embora sem qualquer estrutura, me submeti ao delicioso sacrifício de apoio à sua candidatura a Presidente da República enfrentando o rolo compressor da campanha de Fernando Henrique Cardoso, que foi apoiado por dois mandatos pela mesma turma que hoje lambe os seus pés para se aproveitar de seu governo e de sua popularidade.
Não posso esconder a decepção de não poder compartilhar deste momento em que V. Exª retorna à minha terra, agora como Presidente da República que ajudamos a eleger e que realiza um governo exitoso.
Estou triste, porém a minha consciência não me permite estar no mesmo palanque de um grupo político que há mais de quarenta anos explora, maltrata e debocha do nosso povo.
Não posso confundir a minha imagem com a sombra dessa gente que cassa um governador eleito; cassa um juiz que atendeu aos reclamos da população carente; cassa um prefeito do PT e que implanta o terror no Estado.
Não posso confundir a minha identidade com um grupo cujo líder é objeto de escárnio da cidadania brasileira pelas revelações recentes de uma ínfima parte dos crimes praticadas contra o erário público. 
Não posso me curvar ao oportunismo de aproveitar a sua popularidade e a multidão que lhe aguarda, para trocar beijinhos e apertos de mãos com uma governadora de quatro votos, que de forma covarde e indevida se intrometeu na eleição interna do PT pressionando, coagindo e ameaçando nossos prefeitos e lideranças petistas e de partidos aliados.
Posso imaginar o sofrimento de V. Exª diante das pressões espúrias e das chantagens rotineiras por cargos, verbas e outras rações que alimentam verdadeiras quadrilhas organizadas e tenho certeza de que V. Exª não esqueceu o desrespeito do Senador José Sarney durante a eleição para Presidência do Senado; a humilhação imposta pelo Senador Sarney à Senadora Ideli Salvatti (PT-SC), derrotada na Comissão de Infra Estrutura para ressuscitar Collor de Melo; na manobra do Senador José Sarney que ficou em casa para facilitar que o Senador Marconi Perillo (PSDB-GO) instalasse a CPI da Petrobrás para usá-la como arma contra o governo; o presente que o Senador Jose Sarney deu à Senadora Kátia Abreu (Demo), inimiga do governo, para relatar a Medida Provisória n. 458 que regularizou mais de 60 milhões de terras na Amazônia.
Tenho consciência de suas enormes responsabilidades ao governar um país complexo e ainda dominado por tanto picaretas, muitos deles arranchados nas estruturas de poder e, em especial, no Congresso Nacional.
Sei que tens que engolir sapo para poder governar. Compreendo que V. Exª, por dever de oficio, tem de manter relações e até amizades com os inimigos de ontem, os aproveitadores de hoje e adversários de amanhã, em prejuízo de seus companheiros de ontem, de hoje e de sempre.
Porém a vida não pára. O mundo muitas voltas dá. Amanhã será outro dia, e com certeza nos encontremos no Maranhão ou em outros cantos do Brasil, em companhia de gente menos catingosa.
Boa sorte em seu esperado retorno a São Luís.
Justiça se faz na luta.
DEP. FED. DOMINGOS DUTRA

Desculpas oficial

 O Blog do Marcel pergunta por que não fizeram as obras no verão. Mas o governo já tem as respostas na   ponta da língua.  Veja aqui no sitio da prefeitura as desculpas!

Bingo

Atendendo uma reivindicação do vereador Adelson Fernandes, o Ministério Publico Estadual cancelou o bingo da AUPCIPA que seria realizado no dia 06 de dezembro. Apesar dos desmentido dos promotores do evento, que estão alegando outros motivos para o cancelamento do bingo. Um dos motivos alegados foi a realização da Ação Cidadania realizado no mesmo local do evento. 

Defesa Civil

Pelo ritmo das chuvas a nossa premiada Defesa Civil  vai ter muito problema nesse inverno. O bi-campeonato em 2010 vai ser fácil, fácil. 

Faixas


A Secretaria de Urbanismo precisa avisar os empresários que ocupam os espaços públicos, a retirarem suas faixas e cartazes dos postes e arvores da cidade. A faixa de anúncios do show dos Gaviões do forró ocorrido no dia 27 de novembro, ainda está estampada pela cidade.  O mesmo ocorre com os anúncios da Ação Cidadania promovido pela ACIP  na semana passada. A beleza da decoração de natal não combina muito bem com esse tipo de coisa. 

A ponte que partiu







A Secretaria de Obras de Parauapebas resolveu retomar a reconstrução da ponte da Av. Liberdade. A empresa Flexa, responsável pelos serviços, não deu conta do recado. Só resta saber se os valores pagos pelo o município para execução dos serviços vão ser devolvidos aos cofres públicos. Em seu programa de rádio, nosso Síndico prometeu rigor nas investigações e que os custos dos reparos ficaria com a empresa responsável. 

sábado, 12 de dezembro de 2009

Cadê o guarda de trânsito?



A regra é clara: multar, sim; orientar, não
Por Arnaldo Bloch
O Globo
 Quando era moleque, ficava admirado com os guardas de trânsito. Numa série de giros de cintura e movimentos ágeis de mãos, braços e pernas, marcados pelos silvos do apito, controlavam, com expressão de serena autoridade, o rolar dos carros e a marcha dos transeuntes,pacificando cruzamentos, regendo orquestras de motores e traduzindo o tráfego num balé complexo que precisava fluir. 

Orgulhava-me daqueles destemidos juízes do movimento. Eram heróis da cidade, como os bombeiros, os garis, os salva-vidas. E achava curioso o fato de tanto os guardas de cidades do interior quanto os de metrópoles como o Rio agirem de forma parecida: aquela coreografia era código para decifrar qualquer confusão, em Muri ou aqui. 
A última lembrança que guardo deste sentimento de admiração deve datar do início da adolescência. Eu me perguntava que carreira seguiria se tivesse que me integrar à polícia. Cheguei à conclusão de que a única tolerável — e, mais que isso, desejável — era a de guarda de trânsito. 
Um dia, eles desapareceram. Não sei precisar que maldito dia foi esse, se foi um dia que durou semanas, meses ou anos, mas o fato é que num certo dia a coisa se evidenciou: os guardas de trânsito haviam sido exterminados. 
Em seu lugar, homens com bloquinhos e canetas tomavam o poder (seriam os mesmos, exilados?). Esses guardas, sem arte, sem estilo, porém necessários, já existiam, mas eram apenas um contingente. 
Quando os guardas de trânsito desapareceram, este contingente cresceu a olhos vistos, tornou-se uma multidão arrecadadora de alta eficiência, cujos olhos gulosos se malocavam atrás de árvores, muros, pontes, valas. Deste dia em diante, percebi que a malha carioca foi se transformando no paraíso fiscal dos fechadores de cruzamentos, dos atropeladores em potencial, dos egoístas ideológicos, dos furadores compulsivos de sinal, dos blindados paranóicos. E, quando porventura aparecia um guarda, agia como um espectro, translúcido, alheio aos fatos, isso quando não estava só de passagem, a caminho da casa de sucos mais próxima ou de um bom esconderijo para espiar os faltososMais aqui 

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Nossas cores, nossa identidade!



O novo prédio da prefeitura ficou uma beleza, um alto padrão arquitetônico, uma maravilha. Cores fortes, vermelho contrastando com o verde da serra, são de encher os olhos.

Acontecem que o vermelho não faz parte das cores oficial do município; as nossas cores  estão retratadas em nossa bandeira, conforme LEI Nº 059/90, de 29 de Agosto de 1990. Cada cor com seu significado: Amarelo do ouro, verde da imensa floresta e marrom do ferro. (pelo menos é isso que me parece)

O mesmo  acontece com as cores do nosso Brasão, (conforme LEI Nº 058/90, de 29 de Agosto de 1990), em nenhum momento o vermelho aparece nas cores oficial do município. Os prédios e equipamentos públicos poderiam ter uma cor padrão, de preferência as cores que estão estampada na nossa bandeira. As cores da nossa bandeira é a representação de todo o município, ao contrario das cores partidária, que representa apenas uma parte dele. Mas isso certamente não tirará o brilho da nova sede do Executivo Municipal. Mas que poderiam padronizar, isso sim, poderiam. 

Ferias


Cuidado com o banho de sol.

Sem base

Com a base partidária dividida e sem apoio integral do governo, o sonho da candidatura do secretário de finanças Milton Zimmer ao parlamento estadual esta ficando mais distante. Dentro das hostes governistas já se falam em outros candidatos. Nomes como do vereador Miquinha e Euzébio ganha força para 2010. Milton só deixaria a secretaria de finanças se emplacar um pupilo de sua confiança, coisa que não passa pela cabeça do nosso Síndico, que prefere José das Dores Couto ou Hernandes Margalho cuidando das finanças públicas.  

Frase do dia...

“A estrada está bonita”
(Governadora Ana Julia referindo à estrada PA 150 em entrevista a Rádio Arara Azul)

Postura







Literalmente um retrado e sobretudo um atentado ao código de postura do nosso Município e uma agressão ao direito de ir e vir  do cidadão, justamente na calçada de quem poderia está educando - Sec de Educação e por ironia, vizinho de quem é responsavel pelo zelo  ao cumprimento das leis - Forum de Justiça. 
Nota: Texto e fotos são de um colaborador do Blog enviadas por e-mail. (Rua 8 entre as ruas "C" e "D" Bairro Cidade Nova)

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Os 10 Carros mais baratos do Brasil 2009


1º. Uno Mille: R$ 23.410 preço médio
2º. M100: R$ 24.394
3º. Celta: R$ 24.875
4º. Classic: R$ 26.005
5º. Clio: R$ 26.222
6º. Gol City: R$ 26.995
7º. Ka: R$ 27.057
8º. Palio: R$ 27.282
9º. 206: R$ 28.512
10º. Logan: R$ 28.749
*Os valores dos veículos já estão levando em conta o desconto do IPI.
Fonte: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)

Leia mais:Aqui

Pebalizando


"Demérito Logista"
O Blog Pebalizando está com uma enquete muito bacana chamado "Demérito Logista". O nome é uma paródia do Mérito logista, mas com a intenção de escolher a empresa ou orgão público com pior atuação no município em 2009. Passe lá e deixe seu voto.  Aqui

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Protesto

No ultimo dia 03 de dezembro, uma manifestação patrocinada pela Central Sindical Conlutas e Sindicato do Canadá movimentou o centro de Nova York. O protesto foi contra o presidente da Vale. as fotos estão aqui

Comentários sobre o trânsito

Comentários na Postagem Engenharia de Trânsito, logo abaixo. 
"Concordo com a reclamação e apoio as sugestões... mas vamos mais longe: não vamos pensar numa ação isolada, falando só da Rua "A", afinal, o trânsito inteiro de Parauapebas está um caos. Solução urgente, de médio e longo prazo! Pára só pra pensar, principalmente nos horários de pico: Estrada Faruk Salmen (acesso ao complexo Altamira), saída do pé inchado, Rua A, Rua 14, Rua Rio de Janeiro, Rua Sol Poente, Av. Perimetral (B. Liberdade), etc.! Dentre vários problemas, buracos e panelas no asfalto, esgotos a céu aberto, sinalização precária e deteriorada, calçadas intrafegáveis para pedestres, por conta dos desniveis entre uma casa e outra e a invasão de churrasqueiras, mesas e cadeiras, material de construção, veículos estacionados, caixas de mercadorias (idosos e deficientes mesmo, não têm vez nas calçadas do Pebas!)... É preciso uma ação conjunta da SEMOB, SEMURB, DMTT, dentre outras.... invistam em infra-estrutura gente! cadê o resto da padronização das calçadas tão prometidas?? trabalhem e façam valer a lei do Código de Posturas e CTB também..."

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

CFEM de outubro


Os valores dos Royalties do mês de outubro de 2009 repassados a Prefeitura Municipal de Parauapebas: R$ 6.785.803,18,(seis milhões, setecentos e oitenta e cinco mil, oitocentos e três reais e dezoito centavos) a média dos dez meses: R$ 10.500.000,00 ( dez milhões e quinhentos mil reais). Mais informações aqui

Engenharia de Trânsito



O DMTT precisa mais que urgente encontrar uma solução para o trânsito na Rua “A”.  Nos horários de picos fica quase que impossível se locomover; estacionamento nos dois lados da rua, nenhuma sinalização, operadores do transporte coletivo e usuários não respeitam os pontos de paradas.  No perímetro entre a Rua 10 e Rua 5 o caos é ainda maior, caminhões de grande porte fazem a descarga de mercadorias a qualquer hora. Ciclistas e pedestres são os mais prejudicados com esse pandemônio causado pela falta de organização do trânsito em nossas ruas.  
Uma das alternativas seria permitir o estacionamento somente de um lado da rua, definir horários para carga e descarga de mercadorias, aumentarem a fiscalização nos horários de picos, exigirem que os operadores do transporte coletivo parem somente nos pontos de paradas e fazer um recuo no ponto de parada em frente ao hospital municipal pare liberar o fluxo de veículos que acumulam naquele perímetro. Colabore mandando sugestões.

A DS derrotada

No Blog do Parsifal

A Democracia Socialista, corrente do PT da qual a Governadora Ana Júlia faz parte, está visivelmente desgastada dentro do partido e junto à militância petista como um todo. 
Prova disto foi a retumbante derrota sofrida pela candidata da corrente, a Secretária de Estado Suely Oliveira, ostensivamente apoiada pelo Palácio dos Despachos, na eleição para a presidência do PT municipal em Belém. 
Venceu a eleição o Professor Apolônio Brasileiro, que conseguiu congregar todos os insatisfeitos com a DS. 
Aliás, se militantes e filiados da tal base aliada do Governo pudessem votar na eleição do PT, com certeza votariam em Apolônio, só porque ele era contra a corrente da Governadora.

Currupção


"Clique na imagem para ler"

Carajás

Vereadores de todo Sudeste do estado do Pará partiram em caravana rumo a Brasilia. A missão é fazer pressão nos deputados pela aprovação do projeto de plebiscito pela criação do Estado do Carajás.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Liberdade


Informativo do Comitê de Mobilização Popular.

Filme sobre pai de Eike põe o dedo na ferida da Vale

Documentário Eliezer Batista - O Engenheiro do Brasil traz bastidores importantes sobre a privatização da Vale e ainda ajuda a mapear o DNA do bilionário Eike Batista. Mais aqui

Inauguração?


Cansado de esperar pela Ministra Dilma e depois Presidente Lula. Nosso Síndico caiu na realidade e tomou uma decisão: Vai adiar mais uma uma vez a festa de inauguração da nova Prefeitura. Agora vai esperar pela Governadora Ana Júlia. Parece mais prudente.

O Filho do Brasil


Mérito Lojista

Você votaria no Banco do Brasil como o melhor Banco da Cidade? Pois é,  Agência de Parauapebas foi eleita pelo CDL com o Prêmio Mérito Lojista desse ano!

Copa de 2014

Depois da pancadaria em Santos, Curitiba, Rio de Janeiro e Porto Alegre; estamos mesmo preparados para sediar a Copa de 2014?  

Orçamento

A votação da Lei Orçamentária promete dores de cabeças para o governo do nosso Sindico. Tudo por causa de uma Emenda apresentada pelo vereador Miquinha e corroborada por outros vereadores da base governista. Miquinha propõe  um limite máximo de 20% para a suplementação orçamentária. Já o governo esta querendo 60%. Os vereadores com quem conversei, garante que essa proposta é para preservar o governo dos secretários perdulários. Pode até ser, mas...

Mudanças?

Com a chegada do ano novo e com ele a previsão de uma nova composição no alto escalão do governo do nosso Síndico. O cenário aponta mudanças no SAEP, Secretaria de Planejamento, Finanças, Procuradoria e Educação. Mudam-se apenas as peças do tabuleiro. Caso se confirme a subida do Procurador para o desembargo estadual, o nome mais provável para substituir seria do secretário de educação Raimundo Neto, em seu lugar assumiria o vereador Euzébio ou a senhora Marleide Freire de Oliveira. Já na secretaria de planejamento o nome mais cotado é da senhora Simônia Caetano. Na secretaria de finanças, caso Milton resolva mesmo enfrentar a disputa eleitoral o nome da confiança do nosso Síndico é do chefe de Gabinete José das Dores Couto. 

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

A marchinha de carnaval “Cabeleira do Zezé” será declarada patrimônio histórico da humanidade


João Roberto Kelly será imortalizado.
O presidente da UNESCO, o búlgaro Irina Bokova, anunciou nesta segunda-feira que a marchinha de carnaval de autoria de João Roberto Kelly e Roberto Faissal será patrimônio histórico da humanidade. Criada nos anos 70, o hit é, desde então, figurinha carimbada nos bailes de carnaval pelo mundo afora. Mais aqui

Alpa

No dia 15 de dezembro as 15 horas no TWA a Vale vai falar sobre a instalação ALPA (Aços Laminados do Pará). A participação da sociedade é muito importante. Participe
------------------------
Desconto
Para instalar a Alpa (Aços Laminados do Pará) em Marabá, a Mineradora entregou à Prefeitura Municipal de Marabá um projeto pedindo a redução de 60% nas alíquotas do ISS – Imposto Sobre Serviços.

Fonte: Correio do Tocantins

Greenpeace lança campanha contra Políticos



As ONGs Greenpeace e TicTacTicTac criaram outdoors que criticam a falta de ações mais concretas dos políticos como o Lula e o Obama  contra o aquecimento global. O outdoors trazem fotos dos políticos no período de 2020 (com cabelos brancos e mais velhos) O Texto diz: “Desculpe, nós poderíamos ter impedido mudanças climáticas catastróficas… mas não impedimos". Aqui

A U T O M E D I C A Ç Ã O

RECEITA MÉDICA 
 Um jovem que acabara de se formar em medicina, ganha de seu pai um carro importado, último modelo, e resolve dar um passeio. Quando se deu conta, percebeu que estava sem combustível.
Entrou num vilarejo e dirigiu-se a um posto de  gasolina para abastecer o carro.
Não viu uma viva alma no posto e, apesar de buzinar várias vezes, ninguém vinha atendê-lo.  Finalmente apareceu um rapazinho que lhe disse:
- 'Não adianta buzinar, porque o posto está fechado; a filha do dono morreu ontem e todos estão no velório'.
O jovem médico pensa uns segundos e chega à seguinte conclusão: 'Se não posso prosseguir e não sei a que horas irão retornar, vou até ao velório também, já que não posso fazer mais nada'.
Lá chegando, aproxima-se do caixão por mera curiosidade, e de repente, observa algo extremamente raro.
Chama o pai da 'falecida' e diz-lhe: 'Olhe, sou médico, a sua filha não está morta, está em estado catatônico;  parece morta, mas não,  está viva'.
O pai, nervosíssimo, pergunta:
- 'O Sr. pode fazer alguma coisa'?
O jovem médico, explica-lhe que há uma possibilidade, embora remota, de traze-la à vida.  Para isso, teriam que submetê-la a uma sensação  muito  forte.
Pergunta então ao pai: 'A sua filha tinha namorado'?
Embora estranhando a pergunta, o pai respondeu sim,  e que ele  se encontrava presente.
'Bem, disse o jovem médico, então tirem o corpo do caixão, levem-no para uma cama junto com o namorado e deixem que eles façam sexo durante toda à noite'.
Ainda que com algumas reservas, o pai dá ordens para que seja feito tudo o que o doutor disse, mas pede para que ele fique, a fim de comprovar o 'resultado'. 
Passadas quatro horas abre-se a porta do quarto e, como por um milagre, a moça aparece vivinha da silva!
Foi uma grande alegria para todos, que logo programam uma festa e convidam o jovem doutor. Este se desculpa, alegando que tem de ir visitar um familiar que se encontra doente, mas promete passar pela aldeia na viagem de regresso.
Tanque cheio, o médico volta para casa.
Passados 15 dias ele decide regressar e cumprir o que prometera, passar pela aldeia para ver como estava a jovem ex-defunta.
Ao chegar ao posto,  repete-se a mesma cena de antes. Ninguém para atendê-lo. Depois de muito buzinar, aparece o mesmo rapaz, que desta vez estava ali tomando conta do negócio.
Assim que reconheceu o doutor o jovem corre desesperado ao seu encontro e lhe diz:
-  Graças a Deus que o senhor voltou! Não sabíamos como encontra-lo e estávamos a sua espera!  O Sr. Engrácio, pai da menina que o senhor salvou, morreu há 10 dias!
Metade da aldeia já comeu o c... do pobre Engrácio, mas ele continua sem ressuscitar !
            MORAL DA HISTÓRIA:
            O MESMO MEDICAMENTO
           NÃO SERVE PARA TODOS!
      Não se automedique, nem aconselhe medicamentos a ninguém.  Procure um médico.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Iluminação de natal


A Prefeitura de Parauapebas iniciou nessa semana os trabalhos de iluminação natalina no canteiro da PA 275. Só resta ficar na torcida para os serviços ficarem prontos até o natal.  

Mesa quebrada

Depois de cinco meses sem receber um centavo do município, o "cara" resolveu descontar sua fúria na mesa da secretaria de finanças. Vidros para todos os lados...
Também não é pra menos!
Perdeu o contrato com o Incra para Visatec
Fornecedores sem receber
Prestações atrasada
Cheques devolvidos
Nome sujo na praça
A PF na cola.
Chega a hora que o saco estoura mesmo!

ANEEL

 A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) multou em R$ 3,9 milhões a concessionária de energia Litght pelos constantes blecautes no Rio de Janeiro.  Aqui em Parauapebas a Rede Celpa continua livre, leve e solta, praticando os blecautes diários sem nenhum incômodo por parte das autoridades.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

A Casa caiu?

O principal empresário do ramo de locação de equipamentos para o Incra e Prefeitura de Parauapebas foi preso pela Policia Federal em Marabá. O Pôster já tinha antecipado aqui que o moço estava sendo vigiado de perto pelo Ministério Público Federal e Policia federal. A noite vai ser longa para muita gente aqui em Parauapebas!
Atualização 02 de dezembro as 23:26 hs
Apesar da mudez dos meios de comunicações, o "nosso herói" foi realmente detido e preso pela PF na tarde de ontem (02) em Marabá, só foi liberado na manhã de hoje (2), e ficou de retornar na quinta feira ()3) para prestar mais depoimento. A nossa fonte não confirmou o horário do depoimento e nem os motivos da prisão.